Sindicato

6 dicas de pós-venda para Corretores de Imóveis

  • Publicado em Dicas para Corretor – IMÓVEL WEB

6 dicas de pós-venda para Corretores de Imóveis

Aprenda como trabalhar o pós-venda no mercado imobiliário

Se engana o corretor de imóveis que dá por concluído seu trabalho quando o contrato é assinado pelo cliente.

Especialistas afirmam – e não estão errados no que dizem – que o pós-venda é o início de uma nova venda. Alguns ousam ir mais além e afirmam que uma venda nunca é fechada, mas se torna vitalícia, pois construindo um bom relacionamento cliente x corretor a experiência, além de única se torna um círculo, já que esse cliente irá recomendar o trabalho desse corretor e recorrer a ele sempre que precisar.

Portanto, pós-venda é relacionamento! E um relacionamento bom e sincero é o resultado de uma conta bem simples: mais indicações, mais negócios.

Se você ainda tem dúvida, saia do lugar de corretor e se coloque como cliente. Temos certeza que se a indicação de um produto ou serviço partir de um amigo seu ou parente, a confiança nessa contratação será muito maior.

Aquela fase de descoberta, desconfiança, insegurança com os serviços de qualquer profissional serão puladas para a próxima fase, no mercado imobiliário, que trata de grandes quantias e mexe com o sonho de muitas famílias, a confiança é essencial.

Já deu para perceber que o pós-venda não é dispensável, certo? Então acompanhe nosso artigo e aprenda um pouco mais sobre essa fase da venda de um imóvel.

1. Organização

Não tem como atender inúmeros clientes e lembrar detalhadamente de cada contrato, cada sonho, cada pedido realizado. Alguns raros casos acontecem, mas para que confiar tanto na sua memória se você pode conseguir com o auxílio com poucas atividades?

Seja organizado!

Mantenha um arquivo esmiuçado de todos os seus atendimentos. Inclua nomes, contatos, informações sobre valores e detalhes da negociação.

Converse com seu cliente sobre os sonhos dele para saber exatamente o que oferecer e durante essa conversa anote palavras chaves sobre o assunto que vão ajudar a sua memória mais à frente. Lembre-se que uma venda pode durar meses e até mais de um ano, portanto não deixe que o cliente perceba que você confunde informações ou não se lembra do que ele falou.

2. Esteja acessível

Não é porque a venda aconteceu que você não precisa mais atender seu cliente. Esteja disponível por e-mail e telefone, se faça presente e fique a disposição para qualquer dúvida ou problema que venha a ocorrer.

3. Transformando a casa em lar

O cliente pegou as chaves, fez a mudança e está organizando a vida da família em um novo ambiente. É possível que ele só perceba algum problema do imóvel após alguns dias de mudança, durante a rotina e utilização de cada item e espaço da nova casa. Isso é mais comum do que se possa imaginar.

Mostre-se útil. Crie um cronograma e entre em contato com esse cliente após uma semana da mudança, depois após um mês, após dois meses, mostre a ele que você estará disponível para qualquer eventualidade e que ele pode contar sempre que precisar.

Deixe a disposição do seu cliente uma lista de possíveis profissionais que ele possa precisar, bem como seus contatos na região. Caso ele seja novo no bairro você pode ainda indicar locais de atividades comuns na região: restaurantes, cinemas, hospitais, farmácias, shoppings, pizzarias, mercados e etc.

4. Datas são importantes

Em sua agenda, acrescente as datas de aniversário da família e a data de mudança para o novo lar. Imagina a surpresa da família se você enviar um vinho no aniversário de mudança para a nova casa ou no aniversário de assinatura do contrato?

Mande ainda os parabéns no aniversário da família, seu cliente vai se lembrar de todo o processo e de que em uma etapa importante, a da realização de um sonho, você participou.

5. Bom senso

Muita calma quando dissermos para se fazer presente sempre. Um bom pós-venda é estar ao lado do cliente, mas não significa sufocá-lo.

Saiba dosar suas aparições, cuidado com a forma que se expressa ao falar com o cliente após a venda concluída e se tiver dúvidas, mande e-mail questionando se o comprador precisa de algo antes de investir em uma comunicação mais efetiva, como o telefone.

6. Feedback

Não tem como saber se de fato está indo bem apenas adivinhando, não é? Nesse caso, não fique com vergonha de pedir ao cliente que avalie seu trabalho.

Crie meios para que o cliente possa enviar uma avaliação online, quando ele puder sentar e avaliar como foi tratado, informando o que foi bom e o que não foi. Online o cliente também se sente mais a vontade, já que não estará na sua presença.

Além dessa avaliação, se o cliente der abertura, peça ainda uma carta de referência. Ela pode servir para futuros clientes ou até imobiliárias que você queira fazer parte.

Gostou das dicas de pós-venda para Corretores de Imóveis? Então coloque em prática e invista mais em seu atendimento. Lembre-se que um cliente bem tratado vale ouro e indica outras chances de venda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*